O que são as Lovemarks e por que as amamos?

O que são as Lovemarks e por que as amamos?

O que são as Lovemarks? Marcas que transcendem o seu segmento de atuação e tornam-se, até mesmo, sinônimo do produto e serviço que oferecem. Conquistam fãs, colecionadores e entram para a história como verdadeiros objetos de culto.  Esta definição, elaborada pelo autor Kevin Roberts e difundida pelos estudos de Marketing, na prática se resume às marcas que constroem um relacionamento íntimo com seus consumidores e os fisga pelo aspecto emotivo.

Mas por que nós gostamos tanto das Lovemarks? A explicação está além de nossa satisfação imediata. Quando contratamos um serviço ou adquirimos um produto e eles nos despertam sentimentos positivos capazes de marcar uma ocasião ou despertar identificação com os valores emitidos, construímos uma relação especial com a marca. Este elo sentimental constrói significados e, cada vez que nós pensamos em algo relacionado, automaticamente esta marca surge em nossa mente.

As Lovemarks, ao contrário do que se imagina, não precisam ser mundiais ou nacionalmente famosas. Algumas marcas regionais e locais conseguem este status junto aos seus clientes por ofereceram serviços e produtos com características peculiares ou personalizados. Nestes casos, se transformam em verdadeiros patrimônios imateriais de uma determinada localidade.

Lovemarks locais

Em Curitiba, onde A Criativa mantém a sede de seu escritório de propriedade intelectual, algumas marcas locais se destacam dentre as demais, como a Padaria América, que garantiu o seu registro conosco. As receitas de quitutes alemães são passadas entre as gerações da família Engelhardt desde 1913, quando fundaram a padaria em Curitiba. A família veio da Alemanha em 1882 e, em 1885, Friedrich Engelhardt, o patriarca, fundou a “Sociedade Rio Branco” e a primeira cervejaria a vapor da cidade.

 

 

Os curitibanos têm a Padaria América guardada com carinho em sua memória afetiva. Os deliciosos folhados, broas, bolachas e pães unem a essência germânica no modo de fazer aos temperos brasileiros. Essa fusão de sabores já conquistou diversas vezes o prêmio de “Melhor Pão”, concedido pela revista Veja Curitiba, e o prêmio Bom Gourmet na categoria “Pão”, promovido pelo jornal Gazeta do Povo. Em 2011, a história da padaria foi imortalizada no livro “A Padaria América e Pão das Gerações Curitibanas”, escrito pela nutricionista Juliana Reinhardt.

A marca Padaria América contém os ingredientes ideais para uma bela receita de Lovemark: tradição, produtos de qualidade e a credibilidade de quem satisfaz o paladar exigente dos clientes há mais de um século. Em uma visita à Curitiba, visite a Padaria América e descubra o porquê ela é sinônimo de café da manhã.

Sem comentários

Postar um comentário